Fototerapia. O que é  e qual a diferença entre PUVA e Narrow Band?

Fototerapia. O que é e qual a diferença entre PUVA e Narrow Band?

A luz, como a solar, possui diversos raios, divididos em ondas, em sua composição. A fototerapia é um tratamento indicado para diversos tipos de dermatoses e envolve o emprego de radiação ultravioleta, tanto do tipo A (UVA), quanto do tipo B (UVB).

Com esta técnica, é possível tratar diversas dermatoses inflamatórias, incluindo aquelas com período crônico de evolução, como vitiligo e psoríase. Seus resultados também são positivos para parapsoríase, linfomas cutâneos de células T e eczemas.

Quais as semelhanças entre PUVA e UVB Narrow Band?

As duas modalidades utilizam radiação ultravioleta e são altamente eficazes. Ambas têm as mesmas indicações e segundo estudos, a mesma eficácia. O que as diferencia é que PUVA há necessidade de ingestão de um medicamento chamado psoraleno algumas horas antes das sessões, o que não se faz necessário com o UVB- narrow band. Evite realizar estes tratamentos em estabelecimentos que não exijam uma análise médica, a fim de evitar problemas como queimaduras e reações indesejadas.

O que é a fototerapia PUVA?

Também chamada de puvaterapia, esta modalidade requer a administração de um medicamento chamado psoraleno, seguida pela exposição aos raios ultravioleta do tipo A. Isto se deve a características intrínsecas à própria radiação UVA, já que é preciso a administração prévia do medicamento para que seja eficaz.

O remédio aumenta a sensibilidade da pele à radiação, permitindo a penetração na quantidade e na profundidade ideais para o sucesso do tratamento. Sendo assim, a medicação administrada por via oral ou cutânea aumenta a capacidade de ação.

O que é a fototerapia UVB-narrow band?

A técnica com UVB-NB não necessita da administração prévia de nenhum medicamento, reduzindo a possibilidade de efeitos colaterais. Trata-se de modalidade mais moderna que a PUVA, mas ambas possuem a mesma eficácia.

Quando é indicada?

Em qualquer doença de pele que melhore com a radiação ultravioleta. Também podem ser empregadas em alguns tipos de eczemas. As principais indicações são:

  • psoríase;
  • vitiligo;
  • micose fungóide; e
  • linfomas cutâneos de células T.

A fototerapia pode ser associada a outros medicamentos?

Sim, esta modalidade terapêutica pode ser associada a diversos medicamentos , tanto toivos, como sistêmicos. Assim, o paciente pode se recuperar das dermatoses mais rapidamente e com menores doses de remédios. A fototerapia deve ser realizada por um profissional habilitado, de modo a evitar complicações e efeitos indesejados.