Como tratar a flacidez com bioestimuladores?

Como tratar a flacidez com bioestimuladores?

A flacidez da pele está ligada à queda na produção de colágeno, proteína presente no corpo humano. Suas fibras alongadas são organizadas na derme de modo paralelo, conferindo firmeza e sustentação à pele. Em sua ausência, ocorre o surgimento de rugas, linhas de expressão e flacidez corporal e facial.

A falta de colágeno no organismo pode ser causada por diversos fatores, como idade, alterações hormonais, alimentação inadequada e doenças sistêmicas. O emagrecimento repentino e abrupto, o uso de determinados medicamentos e o tabagismo também podem influenciar este quadro.

 

O que são os bioestimuladores?

Eles correspondem a uma categoria de preenchedores que visam substituir, de forma gradual, o colágeno inexistente no organismo. As aplicações são simples e pouco invasivas, resultando no rejuvenescimento natural devido ao estímulo à produção de colágeno. Os bioestimuladores são totalmente absorvidos pelo organismo e, por isso, não oferecem riscos futuros.

Os bioestimuladores podem ser empregados na face e no corpo, em áreas como pescoço, abdômen, braços, tórax, coxas e glúteos. Outra indicação dos bioestimuladores é o tratamento de celulites.

 

Quais são os tipos de bioestimuladores?

Radiesse e Sculptra são dois bioestimuladores bastante empregados. O primeiro é um gel composto por microesferas de hidroxiapatita de cálcio. Já Sculptra consiste no ácido poli-L-Lático injetável.

Ambos estimulam a produção de colágeno e possuem ação preenchedora e são indicados para homens e mulheres com mais de 30 anos, período no qual surgem os primeiros sinais de envelhecimento e algum grau de flacidez na pele.

Quando aplicado nas bochechas, os preenchedores são responsáveis por conferir um volume discreto à região. A mandíbula se torna mais marcada, definida e angulada após o tratamento com este produto, enquanto o queixo ganha definição. Nas têmporas, os bioestimuladores preenchem a região e conferem jovialidade ao rosto. Nas mãos, há clareamento e preenchimento dos sulcos formados por veias saltadas.

 

Quais são as vantagens e benefícios do tratamento com bioestimuladores?

Os preenchedores citados são biocompatíveis, ou seja, são facilmente absorvidos pelo organismo. Sendo assim, não são considerados alternativas definitivas e não causam reações alérgicas. O efeito pode durar de 12 a 18 meses. O período de observação dos resultados varia de acordo com o modelo escolhido. Os resultados do Radiesse, por exemplo, são notados ao fim da primeira sessão, mas a duração do tratamento deve ser definida pelo profissional especializado. Para isso, é recomendado analisar cuidadosa e individualmente cada paciente.

 

Como é feita a aplicação?

A aplicação dos bioestimuladores deve ser realizada em consultório por um profissional especializado. Por utilizar um anestésico local, o procedimento é praticamente indolor e, ao seu término, o paciente pode retornar às suas atividades normais.

 

Quanto tempo duram seus efeitos?

Os efeitos provocados pelos bioestimuladores estão intimamente relacionados à densidade utilizada. Sendo assim, podem durar cerca de três, seis ou nove meses, variando também de acordo com o organismo do paciente.

Após a aplicação dos bioestimuladores, é realizada uma massagem e é comum haver certo inchaço nas regiões tratadas. Este efeito é breve e dá início à produção de fibras de colágeno e elastina.