Saiba mais sobre as diferentes opções de tratamento para a calvície

Saiba mais sobre as diferentes opções de tratamento para a calvície

A alopecia androgenética, popularmente chamada calvície, é uma característica hereditária individual. Homens e mulheres podem ser afetados por esta condição após a puberdade. Na maioria das vezes, o paciente buscar aconselhamento médico após o surgimento dos sintomas. Atualmente, existem exames, como a tricoscopia, que permitem o diagnóstico da calvície antes que ela se manifeste.

A calvície tem cura?

Os pacientes que recebem o tratamento adequado para a calvície costumam responder positivamente. A perda de cabelo pode ter várias origens e estas variam entre as pessoas. A chave para a cura da calvície é o paciente receber o tratamento mais adequado à sua situação o mais antecipadamente possível.

Para que isto ocorra, é essencial que o paciente receba o diagnóstico precoce e correto. Assim, o médico poderá prescrever um tratamento apropriado para cada caso com base na avaliação médica e nos resultados dos exames. Os tratamentos atuais podem, de acordo com o quadro do paciente, retardar, estacionar ou mesmo recuperar parte dos fios perdidos.

É essencial que o paciente compareça às consultas regularmente e realize possíveis exames pedidos pelo médico. Isso permite que o dermatologista mantenha um histórico individual, que auxilia no acompanhamento individual. Este é um meio importante para medir a eficácia do tratamento ao qual o paciente está sendo submetido.

Quais são as formas de tratamento?

Existem diversas formas de tratamento para a alopecia androgenética. Entre elas estão produtos de uso tópico, medicamentos orais, aplicação de laser e ainda a intradermoterapia capilar.

Alguns produtos de uso tópico possuem ação vasodilatadora, podendo prolongar a fase de crescimento dos fios, estimulando seu desenvolvimento.

A finasterida, de uso oral, bloqueia a produção do hormônio DHT, que inibe o crescimento dos cabelos.

Os lasers aplicados geralmente possuem baixa potência. Sua função é desenvolver a irrigação sanguínea nas regiões próximas aos folículos e nutrir os fios. Além disso, estimula o metabolismo celular e a eliminação de toxinas, bem como a divisão celular. É recomendável que sejam utilizados como potencializadores do tratamento medicamentoso, porque, como terapia isolada costumam ser pouco eficazes.

A intradermoterapia ou mesoterapia capilar é um procedimento realizado em consultório. Esta técnica consiste na aplicação direta no couro cabeludo de uma combinação de medicamentos que o médico avalia para cada caso. Costuma ser bastante eficiente e acelera bastante os resultados. Pode ser combinada com outras modalidades terapêuticas para um melhor rendimento.

É importante que o paciente converse com seu médico de confiança sobre o método mais adequado ao seu caso. Dessa forma pode-se tirar dúvidas e tomar conhecimento dos resultados esperados.

Referências:
saude.ig.com.br/minhasaude/nem-toda-queda-de-cabelo-e-calvicie/n1237944134458.html
www.surgicalcosmetic.org.br/detalhe-artigo/160/Entendendo-a-alopecia-androgenetica
g1.globo.com/bemestar/noticia/2012/04/hormonio-masculino-genetica-e-falta-de-vitaminas-favorecem-calvicie.html
revistagalileu.globo.com/Revista/noticia/2015/10/tudo-o-que-voce-sempre-quis-saber-sobre-calvicie.html

Leave a Reply

Your email address will not be published.